TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR! TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR!

A UTILIZAÇÃO DO MATERIAL SEM A PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR, SUJEITA AO RESPONSÁVEL ÀS RESPONSABILIDADES PREVISTAS NA LEI DE DIREITOS AUTORAIS!

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Narcisismo em Crise!

Narciso, famoso por sua beleza e orgulho, morreu, segundo a mitologia Grega, quando viu seu reflexo na água de um lago, e tendo, contemplado com satisfação, disse: "sou mesmo perfeito". Então Zeus, o deus grego, insatisfeito com tal ato, infundiu em Narciso, um amor desmedido pelo seu próprio eu. Tendo então, ficado enamorado perdidamente por si mesmo, quis pegar sua imagem nágua, atirando-se ao lago, onde morreu afogado e infeliz por não se poder possuir.
A narrativa, descreve bem, o que hoje ocorre com muitos jovens que vêem no esculpir de seus corpos, a solução para seus problemas, anseios e fracassos. Ficam horas e horas à malhar em uma acadêmia, não que isso não seja bom, ao contrário, mas diz o ditado popular: “tudo em excesso, faz mal!”. Outros deixam de se alimentar de forma saudável para, em tese, manterem um corpo, em sua concepção, atraente e bonito. Um corpo, nesse sentido, politicamente aceito e admirado pela sociedade, tão moldada e direcionada pelo mercado e pela mídia.

Daí, a título de exemplo, surgem as pessoas bulímicas, que tendem a se alimentar em excesso, em um determinado espaço de tempo, seguidos pelo sentimento de culpa. E na tentativa de não engordar, provoca, vômitos, por meio de purgantes, diuréticos, etc. A anorexia, é outro exemplo. Ela 'nasce' de uma alimentação insuficiente, acarretando perca de peso, debilidade no sitema imunológico e estresse na pessoa. Afeta principalmente jovens do sexo feminino. Ambas as doenças, ganham adeptos por meio da cultura de massa, e da mídia para o desenvolvimento dessas desordens, “por alegadamente promover ela uma identificação da beleza com padrões físicos de magreza acentuada”.

Que bom, é, que agora, e desde algum tempo, o narcisismo têm entrado em decadência. Ainda, que tais problemas, ainda existam. Mas outra beleza têm ganhado vida e a beleza exterior, não mais dita as regras do jogo, digo do jogo social, onde imperava a beleza. Esta outra beleza, vem do interior de cada um de nós. É a essência da pessoa, a beleza interior da gentileza, da moral, do diálogo saudável e amigável entre as pessoas. Onde ser bonito esteticamente ou ter um corpo esculpido pelo o que a sociedade julga belo, não mais importa. Importa sim, a beleza enquanto pessoa, portadora de qualidades e defeitos. Vivamos, mas não nos deixemos alienar pelas regras do jogo, pois uma cartada bem dada, pode eliminar, de uma só vez o oponente!

6 comentários:

Andreluca disse...

É verdade. Concordo em gênero, grau e número.
Mas a grande verdade é que a sociedade vitima aqueles sem uma visão claro do que seja beleza e estética. Enquanto se endeusa o corpo e se esquece do que pode de fato nos tornar belos.
Mandou bem!!!

Jason Waider disse...

Mas eu gostaria de entender mesmo é o pq de tantas coisas...
Ninguém tem intenção de fazer coisas feias ou comprar coisas feias... tudo leva ao belo, ao que é esteticamente perfeito... como fugir disso.

Abraço.... Jason

Gabriela disse...

acho que a história de narciso vai caminhar por longas datas ainda,e é uma pena a preocupação excessiva de hj em dia ser por coisas tão fúteis,muitas vezes.

bjos

Gabi Melo disse...

Boa noite Paulo...
Vim até seu blog após deixar um comentario em um dos meus: lesavoureuxcafe.blogspot.com. Obrigada pelo comentario e deixei uma atualiazação lá convidando a conhecerem meu outro, e mais atualizado blog. Mas enfim, fique a vontade!
Quanto ao seu post, tenho 20 anos, um tanto quanto madura, modesta e narcisista, mas como descrevi primeiro, madura. Concordo com voce, quando diz que a sociedade, principalmente jovem se vê imersa em um mundo de padrão, estético, buscando a beleza que um dia acaba. Sim, tenho conhecidos e principalmente, conhecidas assim. Fico triste, mas ja me cansei de mostrar ou falar a real beleza, aquela que sim, marca e deixa marcas a qualquer pessoa. não sejamos hipócritas de que isso nunca vai deixar de existir. Não pelo menos, enquanto a mídia[olha que sou uma futura publicitaria/designer] continuar impondo padrões de beleza[essa fútil].
Mas tambem creio que nem tudo está perdido, há de partir de nós tamanha mudança.
Um beijo, meu conterraneo, e aqui será um lugar por onde eu procurarei sempre marcar presença!

Felipe Dib Boufflers disse...

eu concordo mas acho difícil acabar fugindo disso tudo...

obrigado pela visita ;D

FOXX disse...

tem? onde?
me fala onde é esse lugar q qro viver lá